Notícias

25 janeiro, 2018 Educação planeja novas metas e destaca ações realizadas em 2017

Inauguração de creche modelo, reforma de escolas, formação continuada e valorização profissional estão entre os destaques

O ano de 2017 foi um dos mais positivos para a Educação macaibense nesta década. A Secretaria Municipal de Educação – SME fez um balanço das muitas ações que a pasta realizou e apontou, dentre outros itens, reforma de escolas, formação continuada e valorização profissional como destaques.

Todas essas conquistas emergem em meio a um cenário de crise e dificuldades econômicas que afeta inúmeros municípios de todas as regiões do país. No quesito estrutural das escolas e creches, destaca-se a inauguração de nova creche modelo Damiana França Rodrigues, no distrito de Canabrava, construída com recursos próprios, o novo estabelecimento de ensino tem capacidade para atender mais de 250 crianças com idades entre dois e cinco anos, contando com cinco salas, um pátio, um berçário e uma brinquedoteca. Além disso, diversas unidades receberam serviços elétricos e hidráulicos de manutenção, assim como pintura, sendo uma delas reformada: Escola Municipal Fabrício Gomes Pedroza.

Quanto à formação continuada, 2017 foi iniciado com uma jornada pedagógica para todos os professores da rede municipal. E no decorrer do ano, foram ofertadas várias capacitações para os docentes, conforme cada etapa de ensino em que atuam. Somente os da Educação Infantil tiveram quatro formações e dois seminários. O município também tem concedido promoções aos seus professores, 93 tiveram suas mudanças de letra concedidas e 15 mudaram de nível.

Novas metas

Para este ano de 2018, uma grande operação para reforma de mais de 20 escolas está prevista, começando já nestes primeiros meses. Também já estão assegurados para este ano letivo o fardamento do alunado e o material didático da Educação Infantil. Outras três creches do tipo modelo estão sendo construídas, que juntas atenderão aproximadamente mil crianças.

A Secretaria Municipal de Educação elaborou um sistema próprio de avaliação, com a participação de professores, diretores e coordenadores, tendo sido aprovado pelo Conselho Municipal de Educação. A Portaria que regulamenta esse sistema entra em vigor neste ano letivo.

Outro ponto de destaque são as eleições democráticas para gestores. A partir de agora, serão 24 escolas administradas por gestores eleitos por meio de voto. O município totaliza 43 escolas, e a previsão é que todas elas realizem eleições ainda neste ano de 2018, onde os eleitos terão direito a um mandato de 2 anos.

Assecom-PMM

LOCALIZAÇÃO