Notícias

06 outubro, 2017 Usuária do CAPS II lança seu segundo livro

Escritora Aninha lançou obra de crônicas e poesias “Eu e eu mesma”

O lançamento do livro “Eu e eu mesma”, da escritora e usuária do CAPS II, Ana Maria Faustino, conhecida como Aninha foi realizado na tarde desta sexta-feira (6), no Salão Paroquial da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, no Centro de Macaíba.

No evento estiveram presentes o prefeito Fernando Cunha, o vice-prefeito Auri Simplício, as vereadoras Rita de Cássia e Ana Catarina, os secretários municipais de Cultura e Turismo, Marcelo Augusto Bezerra e da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, Francisco Maia. Amigos da escritora e funcionários do CAPS II prestigiaram o lançamento do livro que tem o apoio da Prefeitura e foi publicado pela editora Sarau das Letras.

Aninha tem 57 anos e é usuária há 12 anos do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II). A escritora lançou o seu primeiro livro “Meu viver, meu mundo” em 2014, durante as comemorações pelo aniversário de 10 anos do Centro.

Com habilidade para escrever desde a infância, Aninha desenvolveu sua escrita no Centro, lugar que ela faz questão de exaltar e agradecer. “Eu só tenho que agradecer, em primeiro lugar a Deus e a todos que estão envolvidos no meu dia a dia, os meus amigos. É o amor que compõe o CAPS II, da equipe e de todos que estão lá também. Amo meus amigos e sei que eles me amam. Quando chego lá é uma festa, me sinto feliz”, afirmou.

Durante o evento, o prefeito Fernando Cunha destacou o trabalho que está sendo realizado na área de saúde em Macaíba, principalmente pelos CAPS. Com o atendimento humanizado dos Centros, o número de usuários internados no hospital psiquiátrico João Machado, em Natal diminuiu ano após ano.

“Hoje podemos dizer que todos os usuários do CAPS II são tratados dignamente. Eles são seres humanos e devem ser tratados como seres humanos. Trabalhando com amor, nós conseguimos bons resultados e esses resultados vocês estão vendo aqui. Temos dados que mostram isso. Em 2013 foram feitas 236 internações. No ano de 2014 foram 155 e em 2015, foram feitas 144 internações. No ano passado foram 103 e neste ano de 2017, até o mês de abril foram feitas 35 internações”, declarou o prefeito.

Uma exposição de pinturas em tela também foi realizada no evento. As obras são de autoria do usuário do CAPS II, Valdemir Bezerra. 

Sobre o CAPS II

O Centro tem o objetivo de reinserir os usuários com transtornos psíquicos graves na sociedade. Desde o dia 28 de maio de 2004, data da inauguração do local, na primeira gestão do prefeito Fernando Cunha, o CAPS II vem contribuindo com o tratamento de pacientes, sendo o quarto espaço com esta especialidade implantado no Rio Grande do Norte. No decorrer dos 13 anos de existência, mais de 1.000 usuários já foram beneficiados com os serviços do local.

 

Fotos: Márcio Lucas

Assecom-PMM

LOCALIZAÇÃO